Perfil do Stress

O estresse representa, atualmente, uma das principais causas subjacentes de muitas doenças crônicas e contribui para o aumento das comorbidades de várias patologias, além de aumentar a suscetibilidade para infecções, doenças autoimunes, doenças cardiovasculares e, inclusive, câncer.

O estresse não diagnosticado/tratado pode trazer muitas consequências indesejáveis à saúde, uma vez que, somente é percebido quando já existem evidências do comprometimento em algum órgão ou uma doença já estabelecida. Em muitos casos, a abordagem terapêutica é direcionada apenas para os sintomas apresentados e não aos fatores que desencadearam a doença.

O diagnóstico do estresse, através de um parâmetro fisiológico, realizado por uma medida laboratorial, permite que o problema seja diagnosticado antes que as doenças e os sintomas mais sérios se manifestem.

Indicações Clínicas

  • Dismenorreias (cólicas)
  • Alterações no ciclo menstrual / Infertilidade
  • Síndrome pré-menstrual
  • Perda ou diminuição da libido
  • Ressecamento da pele
  • Aumento de rugas
  • Aumento de peso, sobrepeso, obesidade
  • Retenção de líquidos
  • Fadiga, cansaço excessivo, falta de energia
  • Ansiedade, depressão, alteração de humor
  • Irritabilidade, intolerância emocional
  • Insônia, distúrbios do sono
  • Tonturas, náuseas

Exames Analisados no Perfil

PERFIL SIMPLIFICADO

  • Cortisol salivar - 3 amostras (manhã / tarde / noite)
  • DHEA salivar

PERFIL AVANÇADO

  • Cortisol salivar - 4 amostras (despertar / manhã / tarde / noite)
  • DHEA salivar

Ratio

  • DHEA / Cortisol