51 3221.7923
  3061.5270

Quais os efeitos quando há queda de Testosterona no homem

 Os níveis de testosterona no homem começam a diminuir, a partir do 30 anos de idade. O nível sanguíneo total de testosterona cai, em média, 1% ao ano. Mas não é somente a diminuição da produção que causa a escassez do hormônio. Com o envelhecimento masculino, passa a haver aumento de certas proteínas sanguíneas de transporte (SHBG), que se unem à testosterona e assim bloqueiam o hormônio, impedindo que fique livre para exercer sua ação biológica.

Embora muitos apresentem deficiência de testosterona no decorrer do envelhecimento, existe grande diversidade individual. Há homens de idade avançada cujos níveis estão dentro da normalidade, e também é possível observar indivíduos mais jovens com sinais precoces de deficiência de testosterona.
As diferenças podem decorrer de fatores genéticos e ambientais, assim como do estilo de vida, e não somente do envelhecimento masculino.
A deficiência de testosterona causada pelo envelhecimento não se caracteriza por nenhum sinal ou sintoma específico que indique imediatamente ao médico o diagnóstico correto. 

Queda na produção de testosterona provoca os seguintes efeitos no homem:
* perda de massa óssea e aumento do risco de fraturas;
* perda de força e diminuição da massa muscular;
* aumento da massa gordurosa;
* diminuição da libido;
* redução da fertilidade;
* fadiga;
* aumento da resistência à insulina e do risco de diabetes;
* depressão;
* comprometimento das funções cognitivas (memória, raciocínio e poder de decisão).
O problema na idade adulta muitas vezes se torna problemático, porque os sintomas costumam ser vagos e características como distribuição da barba, massa muscular e desenvolvimento dos genitais, são mantidas por muito tempo apesar da falência da função testicular.
Um grupo canadense desenvolveu um questionário para auxiliar no diagnóstico que pode auxiliar você a buscar ajuda do seu médico.
1) Você notou diminuição do desejo sexual?
2) Você notou diminuição da energia?
3) Você notou diminuição da força muscular e/ou da resistência física?
4) Você perdeu peso?
5) Você perdeu a alegria de viver?
6) Você vive triste e desanimado?
7) Sua ereção está menos consistente?
8) Tem sido mais difícil manter a ereção durante o ato sexual?
9) Você adormece depois do jantar?
10) Sua performance no trabalho deteriorou recentemente?
Resposta positiva nos itens 1 ou 7, ou três respostas positivas nos demais itens, sugere a diminuição dos níveis de testosterona (embora não obrigatoriamente)
A confirmação do diagnóstico requer a anamnese médica e exames complementares como exames de sangue e de saliva. 
Não há evidência de que níveis baixos de testosterona interfiram com a mortalidade masculina, mas certamente pioram muito a autoestima e a qualidade de vida masculina.

Você também vai gostar de ler

Leite: alergia ou intolerância

Porto Alegre/RS 16/04/2013
É comum se fazer algum tipo de confusão entre a alergia às proteínas do leite de vaca (APLV) e a intolerância à lactose.
Continue lendo


Risco de morte por dengue é 12 vezes maior entre idosos

Porto Alegre/RS 16/04/2013
Segundo Ministério da Saúde, das 132 mortes por dengue registradas no Brasil em 2013, 55 ocorreram entre pessoas com mais de 60 anos de idade
Continue lendo


Serviços

  • » Instruções de coleta
  • » Serviços
  • » Exames de Rotina
  • » Exames Salivares
  • » Intolerância Alimentar
  • » Pesquisas
  • » Consultoria
  • » Exames
  • » Assessoria

Contatos

(51) 3221.7923

R. Dr. Alcides Cruz, 51 - Bairro Santa Cecília
Porto Alegre, Rio Grande do Sul - CEP 90630-160
Desenvolvido por Webproj
Agência de Marketing Digital - Criação de sites